bolero

 Um salão de dança, a melodia fluí entre os casais;

Á certa distância, observo uma dama;

A escolho como meu par,

Um leve cumprimento e  digo: Dança comigo?

A jovem dama aceita bailar;

O ritmo é um Bolero;

Tenho uma dança e só uma chance dela se apaixonar;

Entre o dois pra cá e dois pra lá;

Sinto o perfume da fina dama;

Sua essência;

E meu corpo está a delirar;

Seus olhos verdes me hipnotizam;

A harmonia e conexão dos corpos;

Embriagam-me como o vinho;

Um momento único que durará para sempre.

Imagem : Pixabay