omitir sentimentos

Caros Leitores,
Vamos falar sobre o que mais gostamos: O Amor.
Omitir nossos sentimentos e aceitar um relacionamento, por pena, compaixão ou por compromisso somente; é como andar sobre a beira de um abismo.
Damas e cavalheiros sejam sempre sinceros, quer seja, o primeiro relacionamento de sua vida; quer seja, o número 2, 3,4…
Não Minta!
Não Engane!
Porque o amor é um elo de confiança e anelo entre duas almas.
Uma Dama do Presente Século/ B.A.N.
Deixo a vocês uma música e uma poesia para reflexão…
Reflitam nas duas e procurem reparar os erros do Passado.
Por que mentias?
Álvares de Azevedo

Por que mentias leviana e bela?
Se minha face pálida sentias
Queimada pela febre, e minha vida
Tu vias desmaiar, por que mentias?
Acordei da ilusão, a sós morrendo
Sinto na mocidade as agonias.
Por tua causa desespero e morro…
Leviana sem dó, por que mentias?
Sabe Deus se te amei! Sabem as noites
Essa dor que alentei, que tu nutrias!
Sabe esse pobre coração que treme
Que a esperança perdeu por que mentias!
Vê minha palidez- a febre lenta
Esse fogo das pálpebras sombrias…
Pousa a mão no meu peito!
Eu morro! Eu morro!
Leviana sem dó, por que mentias?

Mientes
Compositores: Mario Domm/ Mônica Vélez

Tú, llegaste a mi vida para enseñarme,
Tú, supiste encenderme y luego apagarme,
Tú, te hiciste indispensable para mi

Y con los ojos cerrados te seguí,
Si yo busqué dolor lo conseguí,
No eres la persona que pensé, que creí, que pedí.

Mientes, me haces daño y luego te arrepientes
Ya no tiene caso que lo intentes
No me quedan ganas de sentir

Llegas cuando estoy a punto de olvidarte
Busca tu camino en otra parte
Mientras busco el tiempo que perdí
Que hoy estoy mejor sin ti…

Voy de nuevo recordando lo que soy,
Sabiendo lo que das y lo que doy,
En mí no queda espacio para ti

Y, el tiempo hizo lo suyo y comprendí
Las cosas no suceden porque si,
No eres la persona que pensé, que creí, que pedí…

Mientes, me haces daño y luego te arrepientes
Ya no tiene caso que lo intentes
No me quedan ganas de sentir

Llegas cuando estoy a punto de olvidarte
Busca tu camino en otra parte
Mientras busco el tiempo que perdí
Que hoy estoy mejor sin ti…

Llegas cuando estoy a punto de olvidarte
Busca tu camino en otra parte
Mientras busco el tiempo que perdí
Que hoy estoy mejor sin ti,
Que hoy estoy mejor sin ti,
Que hoy estoy mejor sin ti…
Mente
Você, chegou em minha vida pra me ensinar
Você, soube me acender e logo me apagar
Você, se fez indispensável para mim…

E com os olhos fechados te segui
Se eu busquei a dor eu consegui
Não és a pessoa que pensei, que acreditei, que pedi,

Mente, me machuca e logo te arrepende
Ja nem tem por que você tentar,
Nem tenho vontade de sentir

Você chega, quanto estou a ponto de te esquecer
Busque seu caminho em outras partes
Enquanto eu busco o tempo que perdi
Que hoje estou melhor sem você

Vou, de novo me lembrando do que sou
Sabendo o que você da e o que eu dou
Em mim não resta espaço pra você

E, o tempo fez sua parte eu entendi,
As coisas não acontecem por que sim,
Não és a pessoa que pensei, que acreditei, que pedi,

Mente, me machuca e logo te arrepende
Não tem mais por que você tentar,
Nem tenho vontade de sentir
Você chega, quando estou a ponto de te esquecer
Busque seu caminho em outras partes
Enquanto eu busco o tempo que perdi
Que hoje estou melhor sem você…
E hoje estou melhor sem você…

Você chega quando estou a ponto de esquecer,
Busque seu caminho em outra parte
Enquanto eu busco o tempo que perdi
E hoje estou melhor sem você…
E hoje estou melhor sem você…
E hoje estou melhor sem você…
Referência- Poema
http://migre.me/tDlQq
Referência-Música: http://migre.me/tDlUM
Imagem: Pixabay – Grauíta