labirinto
Não sei o que sinto, às vezes, parece uma Brisa;
Porém é profundo;
Você é uma incógnita a decifrar.
O seu coração é um labirinto;
Será que poderei descobrir a saída?
Eu olho para o mar.
E pergunto a mim mesma:
O que desejo?
Quem desejo?
Desejo felicidade
Eu quero algo inesquecível;
E quero ser inesquecível;
Pois o amor é um vislumbre encantador
Que cativa à alma e nos transforma.

Autoria: Bruna Araújo das Neves