a dama das camélias

 

A dama das camélias é um romance do escritor francês Alexandre Dumas Filho, publicado no ano de 1848.
A história inicia-se com leilão dos bens de Marguerite Gautier, famosa cortesã de Paris que morrera de tuberculose. Seus bens foram leiloados para saldar as dívidas, contraídas por Marguerite em vida.
O narrador compra um livro leiloado de Marguerite, o mesmo continha uma dedicatória assinada por Armand Duval. O narrador intriga-se com a história da cortesã, visitando até mesmo seu túmulo, onde encontrou camélias brancas e vermelhas.
Ao conseguir entrar em contato com Armand Duval, o mesmo revela toda sua história amor,com Marguerite.
Marguerite era uma cortesã que se dividia entre muitas festas e teatros; Quando ia aos teatros sempre levava um binóculo, um saco de bombons e um buquê de camélias que durante 25 dias eram brancas e 25 dias vermelhas. As camélias eram suas flores preferidas, pois, devido sua constituição delicada, não suportava o aroma de outras flores.
Armand a conheceu em uma noite no teatro chegou a Marguerite através de Prudence, uma modista, que era amiga e vizinha da jovem.
O rapaz foi convidado a cear com Marguerite e seus amigos, porém durante o jantar, a jovem começa a tossir sangue, retirando-se para o seu quarto.
Armand a segue e demonstra preocupação por sua saúde e declara o seu amor por Marguerite.
Durante o dia Marguerite recebia as visitas do Duque, que a mantinha e passava todas as noites ao lado de Armand.
Os dois amantes acabam por fugir para um vilarejo interiorano, onde ninguém suspeita sobre o passado da jovem. Vivendo plenamente seu sonho de amor, interrompido pelo pai de Armand, que pede a Marguerite que deixe seu filho, pois a relação amorosa dos jovens destruiria o futuro de Armand e a boa reputação que gozava sua família.
Marguerite deixa uma carta a Armand e o abandona. O jovem, por sua vez conhece Olympe, amiga de Marguerite e, a usa para causar ciúmes em sua amada.
Contudo, Armand e Marguerite se encontram e acabam revivendo o seu amor; Mas, na manhã seguinte, encontrando-se em estado terminal (devido à tuberculose) a jovem deixa uma carta a Armand e parte para Inglaterra.
Nesta carta, Marguerite revela que, o pai de Armand pediu que o deixasse para que o jovem tivesse um futuro promissor; Por amor e pelo seu bem, ela o abandonou.
Quando Armand intera-se da verdade, já é tarde demais, pois, Marguerite está morta.

Um amor proibido é o mote de A dama das Camélias
Referência:
Imagem- capa do Romance livre para utilização