amadis e Oriana

 

Amadis de Gaula é uma novela de cavalaria, que esteve muito em voga nas cortes europeias, durante a Idade Média.
A autoria de tão conhecida novela de cavalaria é atribuída tanto a autores portugueses quanto espanhóis.
A primeira edição é datada de meados de 1508, sendo em língua espanhola escrita por Montalvo.
O herói desta aclamada trama é Amadis de Gaula, fruto do envolvimento amoroso do rei Perion de Gaula e da infanta D. Elisena da Bretanha. Temendo a punição de conceber um filho fora do matrimônio, a dama abandona a criança em uma barca junto ao mar.
O recém- nascido, no entanto sobrevive; sendo criado pelo cavaleiro Gandales, sob a proteção do Rei Lisuarte da Grã- Bretanha. O soberano transforma o menino em pajem (rapaz que acompanha um membro da nobreza prestando certos serviços, sendo iniciado na carreira de armas) da Infanta Oriana, sua filha.
Neste ponto da narrativa tem início, o amor cavalheiresco. Após proteger e cuidar da jovem Oriana desde a infância, Amadis passa a nutrir um amor ardente, pela donzela consagrando sua vida, a serviço da mesma.
Durante muito tempo, por timidez, Amadis ama Oriana, em silêncio. Quando o mancebo atrevesse a declarar-se descobre que seu amor é correspondido.
Os jovens prometem amar-se em segredo, pois, a diferença social entre eles era um impedimento para a sua união.
Era por amor à Oriana, que Amadis se arrisca em combates nunca vistos, contra dragões, gigantes e monstros.
Em uma ocasião, Oriana duvida da fidelidade de Amadis. Magoado, o jovem transforma-se em um ermitão; partindo para o combate à figuras fantásticas.
Por um acaso do destino, Amadis reencontra Oriana e salva sua vida. Os dois acabam ficando à sós em uma floresta e se entregam um ao outro, consumando seu amor.
Após algumas aventuras, eles se casam sacramentando assim sua união.
Referência:
Imagem: http://migre.me/v9EAh